^

topo

Público: Fisioterapeutas, osteopatas e alunos de osteopatia.
Horários: 9h às 18h

Local do curso: Rua Carlos Vasconcelos | Tijuca - 111 /

Método- TISNA (Intensivo)

(Tratamento integrado do SNA)

O que está ocorrendo no mundo que quanto mais desenvolvida a ciência da saúde, mais evoluídas estão as doenças?

A população está alcançando uma sobrevida extraordinária, porém esta sobrevida é com qualidade?

O fato de estarmos vivendo mais indica uma vitória sobre as doenças?

Estamos em tempos de grandes mudanças nos padrões comportamentais tanto físicos quanto mentais.

Exigimos menos de nossos corpos físicos, porém mais de nossas mentes.

O meio ambiente está em fúria exigindo a criação de novos padrões. A sociedade nos exige posturas e comportamentos, tem uma dinâmica muito acelerada. Será que nosso organismo está preparado para isso? Se imaginarmos a doença como uma entidade, como um parasita, será que ela deseja matar ou manter o hospedeiro apenas enfraquecido? Será que estamos mesmo ganhando a batalha? Será que existe mesmo uma batalha? Será que temos que ver a doença como uma entidade ruim? Será que as doenças nos invadem mesmo ou nosso sistema é que gera um alarme em forma de doença?

Independente dos acontecimentos externos que não estão sob nosso controle (ou estão?), o conhecimento de como nosso corpo reage ás exigências do dia a dia, é fundamental para o entendimento de algumas doenças, não para que possamos ganhar ou perder, mas para que possamos conviver com elas.

O organismo é dinâmico, gasta e precisa repor suas energias mantendo o seu meio interno o mais estável o possível isso se chama HOMEOSTASE. Para isso, possui um sistema muito bem elaborado de controle que é o Sistema Nervoso Autônomo (SNA).

Para o bom funcionamento do SNA, há necessidade de antes de qualquer coisa, um estímulo. Estes estimulam receptores, que enviam informações via aferente que chega a um centro, núcleo do SNC, que analisa e estimula vias eferentes. Isso ocorre milhares de vezes durante o dia e muitos são os estímulos que fazem este sistema reagir.

O conhecimento disso nos faz entender um pouco o comportamento humano, acalma a alma e diminui a pressão imposta pelo meio que tenta automatizar e igualar as reações dos INDIVÍDUOS.

A forma com que seu subconsciente trabalha, te levando a escolher e optar (ação), fazendo seu consciente justificar suas ações e reações (manutenção do conflito) é o grande segredo a ser identificado.

TISNA, é antes de tudo, um curso de auto conhecimento, de reflexão. Um divisor de águas na forma de pensar e levar a vida. É um impulso pra que saia do papel de vítima e tome conta de sua vida.

A partir do momento em que entende a forma básica das reações, fica mais fácil entender como os padrões mentais estão associados à formação de doenças, ou seja, possui sua aplicação imediata na prática clínica, entendendo e sabendo como se posicionar nos problemas de seus pacientes.

Programação

1- DEFINIÇÃO
a. TISNA
b. SNA

2- FUNÇÃO SNA
a. Simpático e parassimpático
b. Estratégias de sobrevivência
i. Aguda e recuperação

3- ESTRESSE E DISTRESSE

4- NORMOTONIA, DISAUTONOMIA E CAPACIDADE AUTONÔMICA

5- SIMPATICOTONIA
a. Anatomia/ fisiologia
b. Sinapse/ neuroendócrino
c. Luta fuga/ período refratário

6- PARASISMPATICOTONIA
a. Anatomia/ fisiologia
b. Sinapse
c. Fingir de morto/ controle emocional

7- AVALIAÇÃO AUTONÔMICA
a. Anamnese
i. Aplicação do esquema autonômico
ii. Padrão de avaliação, tipo de dor e enquadramento
b. VAS
i. Confirmação da anamnese
ii. Verificação de disfunção neuronal, 1º e 2º neurônio
c. Reserva autonômica
i. Teste de esforço

8- TRATAMENTO
a. DIMINUIÇÃO DAS AFERÊNCIAS
b. VAGO
i. Subnucal
ii. Entrada torácia
iii. Mediastino
iv. Diafragma
c. EQUILÍBRIO AUTONÔMICO
i. Respiração
ii. Mobilização caixa torácica
iii. Tendão central
d. APLICAÇÃO DE QUESTIONÁRIOS DE INCAPACIDADE E RISCO BIOPSICOSOCIAL

9- CONCEITO TISNA
a. Filtros e pontos de vista
b. Culpa e vergonha

10- TECIDO MESODÉRMICO, UM VERDADEIRO MAPA DE AUTO DESVALORIZAÇÃO
a. O cognitivo
b. O emocional
c. O instinto

11- SER HUMANO É 1 MAS FUNCIONA COMO 2
a. Consciente, a via primária
b. Subconsciente, a via secundária

12- TRICÉREBRO
a. Como verificar se há disfunção
b. Estratégias de como lidar com os pacientes

13- TERRENO AUTONÔMICO E PERSONALIDADE DE BASE, NOSSO HARDWARE
a. Sexo
b. Lateralidade
c. Filiação
i. Casa que ocupa
ii. Pragmático ou idealista
d. Biotipo

14- SOFTWARES
a. PROGRAMAS PRÉ UTERINOS UNIVERSAIS
i. O SER ÚNICO
ii. SOBREVIVÊNCIA DA ESPÉCIE
1. Espaço, território
2. Tempo, sexo
b. PROGRAMAS PRÉ E PER UTERINOS INDIVIDUAIS
i. Projeto sentido
ii. Rejeição sexo
iii. Rejeição de vida
c. PROGRAMAS PÓS UTERINO

15- APLICAR A FICHA DE AVALIAÇÃO

16- O MAPA SIMBÓLICO, LATERALIDADE

17- POSSIVEIS SIGNIFICADOS DE CADA REGIÃO DO CORPO
a. Cervical
b. Dorsal
c. Lombar
d. Pelve
e. Mmss:
i. Cavícula
ii. Ombro
iii. Cotovelo
iv. Punho
v. Mãos
vi. Dedos
f. Mmii:
i. Quadril
ii. Joelho
iii. Tornozelo
iv. Calcâneo
v. Hálux
g. ATM
h. Dor na coluna
i. Fibromialgia

18- O QUE FAZER? COMO PASSAR A INFORMAÇÃO?

Siga no YouTube: https://youtu.be/HcWRF4EFqd8

Deixe seu comentário

Quando:
12, 13, 14, 15 de Dezembro / 2019


Valor do curso:
R$ 2.500,00

Detalhes do Ministrante

Paulo Roberto Dobruski

Paulo Roberto Dobruski

Fisioterapeuta
Idealizador do Método TISNA
Osteopata D.O. (Escola de Osteopatia de Madrid- Scientific European Federation Osteopaths)<..

veja mais sobre nosso palestrante.
Paulo Roberto Dobruski

Paulo Roberto Dobruski

Fisioterapeuta
Idealizador do Método TISNA
Osteopata D.O. (Escola de Osteopatia de Madrid- Scientific European Federation Osteopaths)
Pós graduado em fisioterapia osteopática pela universidade Castelo Branco
Professor da Escola de Osteopatia de Madrid
Professor da Escola Internacional de Terapia Manual e Postural
Palestrante em congressos nacionais e internacionais